O Sora-e é o primeiro avião elétrico tripulado feito no Brasil. A aeronave tem espaço para duas pessoas, sendo o piloto e um passageiro e pode voar por uma hora e meia com velocidade de até 340km/h.

O avião foi desenvolvido através do programa Veículo Elétrico da Itaipu Binacional em conjunto com a ACS Aviation, de São José dos Campos, SP, com financiamento da Finep, vinculada ao Ministério da Ciência.

O Sora-e tem 8 metros de envergadura (de uma ponta a outra da asa) e peso total de 650 quilos. A estrutura é feita de fibra de carbono, tem baterias de íon polímero de lítio que totalizam 400 volts e dois propulsores de 35 kw cada um.

O voo inaugural foi realizado no dia 23 de junho, no lado paraguaio da usina, na cidade de Hernandarias, na fronteira com o Brasil. O voo de testes durou apenas quinze minutos e foi tranquilo, mas na aterrissagem o trem dianteiro de pouso acabou quebrando.

Segundo o diretor geral brasileiro da Itaipu, Jorge Miguel Samek, esse é o primeiro avião elétrico da América Latina e deverá ser produzido em série para ser usado em treinamentos e acrobacias. A Itaipu não vai fabricar os aviões, por isso o convênio com a empresa de aviação. O objetivo da Itaipu é desenvolver tecnologias para usar energia limpa.

O Projeto Veículo Elétrico da Itaipu já desenvolveu carros de passeio, caminhão, micro-ônibus e patinetes. Estão em andamento projetos de ônibus híbrido etanol e Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).


Quer Mais?

Essas e muitas outras novidades em nossa página no Facebook.